Crackers invadem a Afropress e publicam imagens de pedofilia

São Paulo  (Brasil) – A Agência de Notícias afro-brasileira AfroPress foi invadida fim de semana último por crackers que tomaram o controle da página para postar imagens em defesa da pedofilia, do estupro de crianças negras “e outras não menos repugnantes e abjetas,

Editor da AfroPress, Dojival Vieira.

Editor da AfroPress, Dojival Vieira. qualificou o ataque de racista, criminoso e neonazista

que dão bem uma idéia da natureza do inimigo que combatemos”, diz o seu editor e jornalista, Dojival Vieira.

A página foi retirada do ar, por decisão do seu editor, que emitiu um comunicado expressando a sua indignação ao ataque que ele qualificou como delinquente,  criminoso, racista e neonazista.

Vieira também acionou as autoridades policiais e o Ministério Público para apurar as devidas responsabilidades.

Para a rede de colaboradores e leitores, Vieira emitiu um publicado (segue abaixo) pelas rede sociais, em que informa que esta não é a primeira vez que a agência sofre um ataque de crackers.

E que  tão logo sanado o problema, a agência voltará a funcionar.

…………..

COMUNICADO – NÃO PASSARÃO!

Depois das providências cabíveis junto às autoridades policiais, ao Ministério Público, e em respeito aos nossos milhares de leitores no Brasil e no mundo, decidimos pedir ao provedor a retirada do ar da página da Afropress – www.afropress.com.

Tomamos essa decisão após obter as pistas para identificar e exigir a punição severa dos delinquentes e criminosos racistas e neonazistas que nos atacaram e tomaram o controle da página para postar imagens em defesa da pedofilia, do estupro de crianças negras e outras não menos repugnantes e abjetas, que dão bem uma idéia da natureza do inimigo que combatemos.

Esta não foi a primeira vez que somos alvo desse tipo de violência. Provavelmente não será a última. Mas, também como das outras vezes, voltaremos ao ar com mais vigor e determinação para continuar o bom combate dos que querem um país sem racismo e não se intimidarão diante da ação de criminosos.

– Pedimos a solidariedade ativa de todos (as) os (as) que lutam contra o racismo e por igualdade;

– Exigimos ação das autoridades no sentido da identificação e punição severa dos criminosos racistas e neonazistas que nos atacaram mais uma vez.

ESPERAMOS ESTAR DE VOLTA TÃO RÁPIDO QUANTO POSSÍVEL. ESTAMOS TRABALHANDO PARA ISSO. NEM UM PASSO ATRÁS.

Com o abraço do

Dojival Vieira

Jornalista Responsável pela Afropress – www.afropress.com

Presidente da ONG ABC SEM RACISMO

 

__._,_.___

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply